segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Em Quem Não Votar




Segue abaixo uma pequena lista acerca de determinados candidatos que não deveriam merecer o nosso comprovante da festa da democracia

* Candidato quem envia spam
Seja whatsapp, facebook, email, ... Alguns dizem que a propaganda é a alma do negócio. Chora Kotler! Contudo, não votamos em postulantes ao governo que criam lixo online. E já parou para pensar que você não repassou seu número para nenhum político? Como que eles conseguem seus dados sem a sua autorização? 

* Candidato que suja as ruas
Agora a questão saí do âmbito binário. Semana do pleito é aquela maravilha para os coletores de lixo/gari. A sua rua, sua seção eleitoral, seu bairro todo emporcalhado. Torça para não chover no dia após as eleições. A situação piora exponencialmente.

* Candidato com ficha suja
Parece meio óbvio, mas determinados eleitores possuem o curioso pensamento "rouba, mas faz". Um quê de malufismo. Não importa se roubou um saco de arroz para sustento próprio ou milhões do erário. O crime é o mesmo! Cansado de ver brasileiro dando aval a "político profissional" que já esteve em várias atividades ilegais. 

* Candidato que tem (teve) mandato e nada fez 
Entendemos que, às vezes, a "autoridade" não fez nada devido a carência de alianças e/ou falta de influência sobre os demais. Entretanto, fique com quatro anos sem produzir para ver se seu chefe não te demite. O mesmo deveria valer para a classe política. 

* Candidato que possui familiares políticos
Sabemos que o simples fato de várias pessoas da mesmo clã serem candidatas ou terem mandatos vigentes não as tornam incompetentes. Todavia, a história da política tupiniquim nos faz refletir sobre o tema. Desde a segunda redemocratização estas famílias governantes não agradam a quem tem o mínimo de senso crítico. 

* Candidato que pula de galho em galho
Não vote em partido. Vote em homens/mulheres. Algumas autoridades não apresentam o comprometimento com o próprio partido. Mudam de legenda ao bem-prazer... Ou de acordo com a conveniência de se manter no poder. Por que estes senhores públicos teriam engajamento com seus eleitores? 

* Candidato com prestações de contas irregulares
Pode ser prestação de gastos em campanha ou declaração de bens. Pessoa que almeja cargo público não pode mentir/omitir estes dados. Mesmo que a lei não exija a aprovação das contas, os eleitores não deveriam eleger tais candidatos

* Candidato "fiel de igreja"
Católico, evangélico, espírita ou do candomblé. Não estamos dizendo para votarmos em ateus. Somente não votemos em políticos que usam a fé (ou a ausência da mesma) para adquirir a simpatia de certos grupos. Obs.: o mesmo vale para candidatos que tem fortes relações com qualquer time de futebol

Estamos, ainda, numa nova democracia. não se chega a 30 anos se contarmos de 1985 - fim da última ditadura no Brasil - até 2014. Comparando com outras nações, nós estamos aprendendo a votar. Lógico que deveríamos evoluir de forma mais rápida. Certamente que uma lista com apenas oito tópicos é pouco para elucidar alguns eleitores. No entanto, se escrevêssemos todos os pontos necessários sobraria alguém digno do nosso voto?


Texto também postado em:

3 comentários:

Helena disse...

E o pior de tudo é que a maioria dos candidatos possui alguma das características que você citou...
É decepcionante!

Fábio Alves disse...

Concordo com tudo! Inclusive, já recebi propaganda no WhatsApp!!! É importante tb ver quais são as coligações partidárias, afinal, qm com porcos se mistura...

Jade Amorim disse...

Vish... eu com oito únicos tópicos eu já to aqui achando que vai ser muito difícil encontrar um candidato adequado, imagina com mais?
Mas de fato todos os que citou são tópicos a se pensar!

Beijos.
www.jadeamorim.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...