quinta-feira, 13 de junho de 2013

Réplicas sobre as "regras" da Copa das Confederações:


1 - O esquema de trânsito nos dias de jogo será diferente de dias comuns, portanto vale checar antes de sair de casa e dar preferência ao transporte público.

Não arrumaram o transporte coletivo para essa Copinha e, se o fizerem farão apenas por um espaço curto de tempo. Acabou a copinha, acabou os benefícios.

2 - Não se esqueça de levar um documento de identificação junto com o ingresso. Ambos podem ser requisitados na entrada. 

Brasileiros sendo brasileiros. Por que, raios, a "organização" do evento não obriga a retirada antecipada dos ingressos para evitarem um pouco do tumulto pré-jogo? É muito difÍcil fazer isso? NÃÃÃOOOO!!!

3 - Todos os lugares nos estádios serão marcados, e não haverá jeitinho na hora do jogo: encontre seu próprio lugar para evitar confusões. Ficar de pé nos assentos também não será permitido.

Essa eu quero ver... Vejo briga em cinema porque uma pessoa comprou atrasado o ingresso. Exemplo: depois de chegar atrasado um casal quer sentar em determinados 2 lugares que estão vagos e o forever alone (que chegou antes) tem que trocar de lugar para agradar os pombinhos? Quero ver essa postura num lugar com 30, 40 mil pessoas.

4 - Máquinas fotográficas para uso privado estão liberadas. Já os equipamentos que gravam vídeos estão proibidos. Mas fique tranquilo: ninguém vai reter seu smartphone na entrada.

Confuso. Quem define o que é uso privado? 

5 - Notebooks e tablets também não entram - apenas os dos jornalistas e pessoal da organização. 

Justo.  Por que um infeliz levaria um notebook para o estádio? 

6 - Os famosos bandeirões usados pelas torcidas organizadas, liberados em alguns estados do Brasil, não serão permitidos durante a Copa das Confederações. O mesmo vale para cartazes ou bandeiras maiores do que 2m x 1m50.

Concordo. Bandeirões são complicados de se fiscalizar. Demanda tempo para abrir todo o bandeirão para a polícia verificar se não há nenhuma arma de fogo ou branca enrolada num bandeirão de 20x30 m 

7 - Esqueça as garrafas, latas, jarras ou squeezes. Líquidos de qualquer tipo não passarão dos portões. O jeito será comprar as bebidas nas lanchonetes dos próprios estádios, vendidas em copos de plástico.

Certo, em partes. Isso evita que os mais etílicos levem cachaça e outra bebidas que, porventura possam alterar os ânimos do animal, ops, torcedor

8 - Fogos de artifício, sinalizadores e bombinhas? Em hipótese alguma - a menos que você queira problemas com a polícia.

Apenas um comentário: Kevin Espada

9 - Animais de estimação também não rolam. Nem dentro da bolsa.

Acho que a exceção só contempla os cegos, né!? Ou alguém ainda pensa que um cego não pode ver/sentir um jogo de futebol?

10 - Instrumentos que produzam volume excessivo (como as vuvuzelas da última Copa na África) serão barrados. O mesmo vale para as canetas que emitem raio lazer. 

Quero ver proibir essas canetas lightsaber. Fiscalização em grandes eventos, sempre, é falha. Duvido que vão olhar todos os bolsos de todas as bolsas das mulheres que adentrarão aos estádios. Quanto a proibição dos instrumentos é legal saber que não pode entrar com vuvuzela ou caixirola, todavia essa postura da organização só faz o público brasileiro se parecer cada vez mais com aqueles zumbis-pagantes de jogos europeu.  

E a melhor de todas:
Proibido xingar de forma excessiva jogadores, árbitro e demais pessoas dentro do estádio. 

AHHAHAAHAHHAAHAHAHAAHAHAAHAH! 

Ao som de:  Rush - The Anarchist

Um comentário:

Cida Queiroz disse...

Olá vim te visitar e seguindo segue de volta ficarei muito feliz http://wwwcidaartesanatos.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...