quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Besouro Verde - 7º filme do ano



Primeiramente, eu só queria saber por que bravura Indômita não estava no sistema de troca de ingressos para quem adquire no Bretas o benefício de ver um filme nmo lumiere? A segunda opção: Besouro Verde

A vantagem de não ler nada sobre o filme que se quer ver é que você se surpreende até com o estilo de heroi. Até por que, convenhamos, quem você conhece que já leu a comics do personagem título do filme?

Enfim, o filme que não chega a ser uma comédia descarada tem ótimas sacadas pouco convencionais para um filme de super-heroi. Primeiro, o 'fodão' não é nada fodão. Interpretado pelo quase ex-gordinho Seth Rogen, é um filho riquinho cabeça de bagre de um grande empresário dono de um jornal 'independente' de Los Angeles. Apos a morte do magnata da Imprensa, o filho de vê dono de um "império" do qual nunca quis fazer parte.

Enquanto praguejava a morte do pai, ele procura Kato (Jay Chou), ex funcionário da mansão na qual mora. A função do subalterno era apenas consertar a bela coleção de carros do morto e lhe fazer um xícara de café.

Os dois se tornam companheiros desde então, até resolverem fazer aventuras (in)consequentes. Através dessas emoções eles descobrem que podem viver de forma intensa e ainda por cima ajudar 'os fracos e oprimidos'.

=============================================================================
- meio indie, divertido, politicamente incorreto.
- Tailadês é o cara do filme
- Só eu achei meio muito inverossímil a Cameron Diaz no papel de secretária com vasto
conhecimento em crimilogia?

2 comentários:

Nina disse...

como se alguém se importasse com a inverossimilhança(existe essa palavra?) da cameron diaz, né?

kaiser_roots disse...

preciso ver esse filme=]
KKKK

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...